Como ser produtivo?

Se pudesse resumir em apenas 1 palavra o maior gargalo em ambientes de TI, talvez mencionaria “produtividade”. É simples entender: boa parte dos profissionais de TI (especialmente os que lidam mais com máquinas do que com pessoas) necessitam de pensar, de trabalhar sua massa encefálica durante a maior parte do seu tempo, reservando pouquíssimo tempo para serviços que envolvam trabalho operacional, onde o cérebro poderia ficar a maior parte do tempo em “stand by”. Contudo, aplicar variáveis como pensar, desenvolver o raciocínio e aplicá-lo para obter uma resposta, não é tão trivial assim. Muitos precisam de um clima ou ambiente propício para executar tal atividade e, se este clima não existe, a produção tende a ser abaixo do esperado.

Para atingir o clima, ou seja, chegar ao ponto ideal da produtividade, é necessário vencer inimigos, que muitas vezes estão ocultos para qualquer outra pessoa que esteja ao redor. Estes inimigos variam de pessoa para pessoa. Para alguns, internet é um terrível inimigo. Algumas pessoas não conseguem ser produtivas como deveriam, especialmente quando existe fácil acesso a um facebook ou msn. Parece bizarro dizer isso em um ambiente profissional, mas é verdade. No meu caso em especial, eu tenho dois inimigos: barulho e interrupção. Barulho eu resolvo facilmente, colocando um fone gigantesco no ouvido e me desconectando do mundo, da mesma forma como foi mostrado no filme “A Rede Social”. Já ouvi de algumas pessoas que isto é papo furado (onde trabalho já chegou a ser proibido), mas no meu caso, todo o barulho externo se isola em um apenas, que é a música, consequentemente consigo me desconectar deste barulho e ser mais produtivo.

Quando o problema da produtividade está ligado a interrupção, acho que se atinge um novo patamar. Como proibir as pessoas de interromper enquanto se está concentrado? Deveríamos pedir uma sala especial, com chave? Alguns devem estar perguntando qual é o problema de ser interrompido. Na verdade, se fossem interrupções pontualmente necessárias, não existiria problema algum. O problema é quando você é interrompido diversas e diversas vezes ao dia, por diversos motivos diferentes, em horas inesperadas. Pelo menos no meu caso, a produtividade cai drasticamente. Não adianta, não somos multitarefa. Aliás, podemos até tentar ser, mas nunca conseguiremos dar foco e fazer nada direito. Artigos e mais artigos na internet ilustram isso, segue apenas um exemplo abaixo:

http://info.abril.com.br/noticias/ciencia/uma-coisa-por-vez-25032011-7.shl

Para piorar as coisas, eu tenho uma péssima ou ótima característica de ser bitolado. Quando eu invoco com um assunto, não deixo de pensar nele enquanto não chego na conclusão desejada ou esperada. Pessoas assim podem ser muito boas ou muito ruins para uma empresa. Quando a empresa necessita de alguém que se aprofunde em algo e resolva o problema da melhor forma possível, este perfil é ótimo. Porém, quando se deseja que o profissional consiga manter várias responsabilidades de naturezas distintas, todas ao mesmo tempo, este perfil é péssimo.

Dias atrás tive uma experiência interessante com interrupções. Sempre ouvi falar de empresas que praticam o Home Office, mas sempre achei que isso dá mais certo com free lancer. Resumindo a conversa, eu precisava de colocar um sistema em produção funcionando na segunda feira e tinha o final de semana para trabalhar na empresa e concluir o objetivo. Ao acordar no sábado para ir, me lembrei que o ar condicionado da empresa não funcionava neste dia e, para piorar as coisas, tinham alguns pedreiros trabalhando em um banheiro próximo à minha mesa, fazendo o maior barulho. Fiquei em casa e resolvi baixar os fontes para o meu notebook, copiei o servidor e desabilitei a segurança de LDAP dentro do código fonte para conseguuir autenticar. Com isso, conseguia trabalhar normalmente em casa, apenas conectado por VPN para acessar o banco. Trabalhando focado, sem interrupções, consegui entregar o produto tranquilamente na segunda feira, com todos os testes efetuados e requisitos criados. Se tivesse feito este tipo de trabalho na empresa, seguramente posso afirmar que não levaria menos de 1 semana. O mais interessante é que, depois de 3 horas de concentração contínua, tudo se resolve em questão de minutos, a concentração se torna tão intensa que em pouco tempo muitos problemas são resolvidos. Não vejo a menor possibilidade de se conseguir intensa concentração com tantas interrupções por dia.

Com a experiência relatada no parágrafo anterior, às vezes questiono: se todos precisam de produtividade, para maximizar o trabalho no menor tempo possível, por que as empressas não acordam para tal prática? Infelizmente, vejo diversos empecilhos, sendo que alguns estão vinculados a como driblar os picaretas do mercado, ou seja, quem usaria o Home Office como uma ótima forma de trabalhar menos. Outro motivo é que, tecnologia avança rapidamente, mentalidade não. Enquanto a mentalidade das pessoas não evoluir ao ponto de entender que, desenvolver Software está muito mais vinculado à arte (inspiração) do que construção civil (burocraticamente das 8 às 6), não haverá maior produtividade e os custos continuarão altos.

Home Office pode ser um ótimo ou péssimo aliado para se atingir a produtividade esperada. Cada um tem seus inimigos, seus empecilhos para atingir a concentração esperada, conseguindo ser produtivo. Barulho, internet e interrupçoes são 3 ótimos exemplos. E você? Quais são os seus e o que tem feito para combatê-los?

About CarlosEduardoXP

Especialista em desenvolvimento de Sistemas Distribuídos, sempre aplicando boas práticas e padrões difundidos na comunidade. Auto didata, fanático por refatoração e performance, sempre buscando reutilização e testes automatizados cada vez mais eficazes.
This entry was posted in Software Development. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s